Forums » Notícias e Acontecimentos

Corpo de fisiculturista sumido no mar

  • 5 de janeiro de 2015 21:53:00 ART

    Corpo de fisiculturista sumido no mar durante festa é encontrado, diz polícia

    Daniel Lopes, 25 anos, estava numa festa em um barco neste domingo.
    Vítima e amigo, que tentou salvá-lo, tiraram fotos antes de incidente.

     

     

     
     
    Daniel e Phelipe tiraram uma foto antes de mergulho (Foto: Arquivo Pessoal)Daniel (direita) e Phelipe (esquerda) tiraram uma foto antes de mergulho (Foto: Arquivo Pessoal)

    O corpo do jovem que desapareceu no mar após mergulhar de um barco durante uma festa na Baía de Guanabara, na tarde deste domingo (4), foi encontrado no fim da tarde desta segunda-feira (5) por bombeiros do 4º GMar (Grupamento Marítimo) de Itaipu, informou a polícia. O fisiculturista e assistente administrativo Daniel Lopes, de 25 anos, estava acompanhado de um amigo e, de acordo com a irmã, não sabia nadar. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

    A embarcação, com cerca de 80 pessoas a bordo, saiu por volta das 13h da Marina da Glória, Zona Sul do Rio, e seguia para Niterói, na Região Metropolitana. A pausa para o mergulho foi feita em Jurujuba.

    “Meu irmão foi para essa festa e o amigo que estava com ele disse que a escuna parou e os dois pularam no mar. Ele afundou duas vezes, o amigo conseguiu segurar, mas na terceira, ele afundou direto. Ninguém pulou de imediato para ajudar", disse. "Ninguém ajudou meu irmão e, pelo que eu já soube, a festa continuou depois dessa fatalidade”, contou ao G1 Michele Lopes, irmã de Daniel.

    O amigo que estava com Daniel, Phelipe Ribeiro, afirmou que o fisiculturista pulou na água e que tudo foi muito rápido. Os dois, que pagaram R$ 70 pela festa, tiraram uma foto no barco, momentos antes de Daniel sumir no mar. "Um amigo chegou a pedir para ele colocar o colete. Segurei ele duas vezes, mas na terceira ele afundou. Não consegui mais achá-lo, o mar estava escuro demais", lamentou.

    Festa aberta ao público
    Um dos organizadores do evento, Michael Rodriguez, afirmou que a festa no barco era aberta, mas que a maioria das pessoas eram conhecidas. Segundo ele, que disse conhecer a vítima só de vista, o barco continha equipamento de segurança e coletes salva-vidas.

    “O barco já faz festas, é próprio pra isso, e não é a primeira vez q a gente faz festa nesse barco. Na hora, o pessoal pulou pra tentar salvar, mas não achou, ele já tinha afundado. Acionamos o Corpo de Bombeiros e a Marinha, eles fizeram buscas, mas não encontraram nada”, disse Michael. O caso foi registrado na 10ª DP (Botafogo).

    Daniel Lopez desapareceu após saltar no mar, segundo organizador da festa (Foto: Reprodução / Facebook)Daniel Lopes desapareceu após saltar no mar, segundo organizador da festa (Foto: Reprodução / Facebook)