Forums » Hackerismo

Risco de ataque hacker a controles de carros assusta os EUA

  • Lucas Peracini
    • 3 posts
    18 de setembro de 2015 18:01:04 ART

    Já pensou você estar dirigindo e, de repente, seu carro começar a andar sozinho? O governo dos Estados Unidos está cada vez mais preocupado com os hackers, capazes de invadir os sistemas de computador dos carros supermodernos.


    Qual é a parte do carro moderno que não foi fabricada e que não funciona com a ajuda de um computador? A resposta é: nenhuma.
    Luz que acende à distância, controle remoto que abre e fecha os vidros, aciona o ar condicionado quando você ainda está bem longe do carro são confortos extremos. Aí a gente pensa: essa modernidade facilita a vida do motorista e dá mais segurança. Será? Em carros desse tipo por trás de tudo isso tem um sofisticado sistema computadorizado. E aí fica o alerta: onde há computador, quase sempre tem um hacker aguardando, se preparando para invadir esse sistema.
    A discussão sobre a vulnerabilidade dos carros tem engrossado nos Estados Unidos. Em fevereiro deste ano, um relatório do FBI revelou a preocupação com o risco de ataque de hackers aos controles dos carros.
    Agora, jornalistas especializados em tecnologia provaram que não existe sofisticação de engenharia capaz de deter um invasor de sistemas. Um vídeo foi feito com um modelo de última geração. O motorista segue pela rodovia e, de repente, perde o controle do carro.
    Quem passa a comandar, remotamente, são dois homens que estão em casa, bem distantes. Pelo computador mexem o volante, alteram o rádio e o ar-condicionado. O carro vai parar em uma ribanceira, sem que o motorista consiga interferir na direção.
    O jornalista diz que está provado que o risco existe e conclui: isso deixou de ser divertido e se tornou um perigo.
    Essa semana, o congresso americano recebeu um projeto de lei que exige que as empresas de carros inteligentes criem tecnologia à prova de hackers, para proteger os motoristas.
    O problema é tão complexo que até a engenharia de um avião já foi alvo desses invasores. Em abril passado, o pesquisador de segurança Chris Roberts entrou no comando de um Boeing usando o sistema de vídeo à disposição dos passageiros. Segundo ele, a conexão com computadores deixa o avião vulnerável, ao alcance de criminosos.
    Um especialista em segurança virtual diz que para evitar os ataques é preciso sempre atualizar os sistemas dos carros e seguir as orientações do fabricante. Um desafio grande em qualquer parte do planeta.