Forums » Copa do Mundo - World Cup

Inter negocia com a Fifa gastos extras no Beira-Rio após a Copa

    • 432 posts
    25 de agosto de 2013 13h21min05s ART

    Inter negocia com a Fifa gastos extras no Beira-Rio após a Copa

    Em um processo semelhante ao que ocorre com o Corinthians, o Internacional tem negociado com a Fifa itens da construção do Beira-Rio para minimizar os custos extras no estádio após a Copa-2014. Mas é fato que o clube colorado terá de gastar um valor além dos R$ 330 milhões da reforma para adaptar a arena para seu uso. O montante da obra para o Mundial é bancado pela construtora Andrade Gutierrez.

    Explica-se: o projeto para a Copa inclui instalações como áreas de imprensa, vestiário e áreas Vips, entre outros, com configurações que atendem às necessidades da federação internacional, mas são bem diferentes do que é mais útil para o clube. Os setores para jornalistas e Vips costumam ser bem maiores nos Mundiais do que é preciso, por exemplo, em uma partida de Brasileiro.

    “Sempre fazemos uma análise de fato do que é preciso pela entidade (a Fifa) para tentar resolver. É uma discussão permanente. Nossa postura sempre foi de pensar na necessidade do que vem depois. Vamos fazer isso até o final”, afirmou uma das vice-presidentes do Inter Diana de Oliveira, responsável pela obra.

    Por isso, há sempre uma queda de braço entre o clube e a Fifa, como ocorre no caso do Itaquerão, onde os corintianos vetaram algumas das exigências da entidade.

    A diretoria do clube gaúcho já tem uma estimativa de quanto terá de gastar após o Mundial no Beira-Rio, mas não quer revelar o valor porque ele passará por instâncias dentro da agremiação. Além disso, o Inter e a a Andrade Gutierrez estão concentrados na conclusão do Beira-Rio até o final do ano, prazo dado pela Fifa.

    A maior preocupação do COL (Comitê Organizador Local) no momento é em relação as reformas que estão conectadas com as estruturas provisórias para o Mundial. Monitoram as obras de perto justamente para verificar se o que está sendo construído se encaixa na utilização durante a Copa de espaços para coletivas, ou tendas de patrocinadores.

    A ideia do Inter é realizar os eventos-teste no Beira-Rio em partidas do Estadual e possivelmente da Libertadores de 2014. A expectativa é de que o estádio receba públicos grandes no início pela curiosidade de conhece-lo após a reforma. É provável que isso ocorra a partir de fevereiro, visto que, após a entrega, ainda precisam ser feitas verificações nas arenas antes de serem abertas ao público.

     

    Referênciahttp://rodrigomattos.blogosfera.uol.com.br/